Pigalle, Paris: um passeio animado!

01/05/2014 21:19

 

Paris, como qualquer cidade grande e cosmopolita, tem de tudo um pouco. Você poderá fazer desde passeios sacros até os mais, digamos, menos devotados para o mundo religioso. Nesse último grupo, como era de se esperar, há uma imensidão de possibilidades. Desde os chamados inferninhos até um simples passeio pela Boulevard Rochechouart, grande avenida, ao norte de Paris, que corta a cidade direção leste-oeste. Por ela é possível ir da Catedral Sacré Coeur até o Cemitério de Monmartre. Esse percurso é o que comentamos abaixo.

Boulevard Rochechouart

 

Nos limites do animado 18 arrondissement, em Paris, está o bairro de Pigalle. A região, historicamente, é caracterizada pela vida boêmia, pelo convívio de artistas, de intelectuais e, digamos, de moças livres.  

 

Posso adiantar que o caminho vai ser animado. Acontece que Pigalle é conhecido pelos cabarés e casas de sexo. São muitas, uma colada à outra. Em alguns casos, a depender do contexto, alguma pessoa lá de dentro de uma dessas respeitáveis instituições poderá te fazer o convite para "conhecer melhor" o local. 

A famoso Moulin Rouge

 

Bem, ao contrário do que pode parecer, não se trata de uma zona decadente da cidade, perigosa ou repleta de bandidos. Ao contrário, é uma zona bastante turística e segura. O passeio, portanto, é recomendado. E as crianças? Bem, não há nada explícito ali. É aquela coisa, a "maldade" está na cabeça de quem observa.

 

Abaixo um pequenino registro de nossa passagem por Pigalle, justamente em seu ponto mais quente!