Como acumular e utilizar pontos de milhagens e passagens-prêmio?

13/04/2014 11:25

 

Esta tem sido uma pergunta que diversos amigos nossos tem feito. Ficam intrigados, afinal, como conseguimos viajar tanto?

Em primeiro lugar, precisamos esclarecer que não somos ricos! rs

Temos, é claro, nossas economias tendo em vista nossas férias, que tanto apreciamos. Mas, para além da economias, utilizamos de outros expedientes que costumam colaborar muito para a viabilidade de nossas viagens. Já conseguimos bilhetes-prêmios, em diferentes programas de milhagens, para Salvador (TAM Fidelidade), Buenos Aires (Smiles), Paris (TAM Fidelidade), Chile (Smiles) e Frankfurt (TAM Fidelidade). Fora passagens promocionais, como para Florianópolis (TAM). Como isso foi possível?

 

Aeroporto de Frankfurt, Alemanhã, dezembro de 2014.

 

Em segundo lugar fizemos uma opção de administrar todas as nossas despesas possíveis com o cartão de crédito, só não pagamos contas de manutenção da casa, como água e esgoto; energia elétrica e outras pelo cartão de crédito. Tudo o mais, despesas com supermercado, combustível dos carros e o que mais seja possível pagar na modalidade crédito, é encaminhado por esse meio. Com isso, depois de alguns meses, temos acumulados em nossos bancos alguns bons pontos. A depender da conta-corrente, cada ponto será o equivalente à uma milha ou então uma fração de milha quando transferido para o programa de fidelidade da sua cia aérea.

Em em terceiro lugar, como costumamos viajar eventualmente à trabalho de avião, também pontuamos diretamente nos programas das cias aéreas, como Smiles e Tam Fidelidade. Depois algum tempo, utilizando esses diferentes expedientes, temos em nossas contas alguma coisa como 50 ou 60 mil pontos ou até um pouco mais. Lembro, por exemplo, de uma reforma no banheiro de casa que, ao ser custeada pelo cartão de crédito, nos rendeu, ao final do período, uma passagem área Rio-Paris-Rio.

 

A Cordilheira dos Andes, outubro de 2014.

 

Aliás, desde já aconselhamos a comprarem por pontos sempre as duas pernas de viagem. Caso comprem, por exemplo, apenas um trecho - Rio/Paris - a compra em moeda do trecho de volta será tão dispendioso que não valerá a pena. Sendo assim, considerem sempre a possibilidade de comprarem ida e volta. Mesmo que, como já aconteceu conosco, uma pessoa retire o trecho de ida, e a outra retire o treco de volta (mas tudo formalmente em nome de um só passageiro, é claro).

 

Outra questão é: quando finalmente trocar os seus pontos? Como sabemos os pontos tem validade, em geral, de dois anos. É preciso, portanto, certo cuidado no monitoramento dos pontos e atenção para a época ideal para o seu uso. Parece-nos que o período março-junho é o melhor para se adquirir passagens-prêmio para embarque em dezembro (período sempre muito concorrido, graças às férias escolares). Nesse caso, alguns detalhes fazem diferença. Por exemplo, embarques até o dia 10 de dezembro para EUA e Europa tem pontuação bastante generosa. Outra possibilidade é embarque em datas festivas e familiares, como natal e reveillon. Em geral a pontuação é bastante baixa. Como viajamos em família, não tivemos problemas em embarcar em pleno dia 24 de dezembro para Paris em 2012.

 

No final das contas o segredo é o monitoramento constante das promoções realizadas pelas cias aéreas. Elas próprias já nos ajudam com suas newsletters que, por sua vez, devem ser vistas com certo cuidado. Nem sempre o que se diz ali bate com a realidade. Por exemplo, podem dizer que do período tal a tal a pontuação para determinado destino é X. Mas quando examinamos nos deparamos com 2X. Às vezes o X está correto, mas o horário, conexões e/ou intervalo de conexões praticamente inviabilizam a viagem, sobretudo quando feita com criança.

 

Sendo assim, recomendamos, vez e outra, uma visita aos sites das cias áreas - Tam e Smiles. Coloquem lá o destino e os dias, vão testando, até conseguirem valores que pareçam razoáveis. E, como dito acima, em condições de viagem que sejam viáveis para uma família com criança (para, é claro, os que vão com crianças).

 

Mas nossas estratégias não terminam ai: quando abastecemos nossos carros com o caro combustível que o movimenta, ganhamos pontos. Estamos inscritos no Programa BR Premmia (Ver: laura-no-mundo.webnode.com/news/pontos-para-emiss%C3%A3o-de-passagens-aereas-em-postos-de-gasolina/)

 

Quando viajamos, aprendemos e geramos informações, não só disponíveis em nosso blog, mas também utilizada pelo Tripadvisor. Cada informação oferecida ganhamos pontos multiplus (Ver: laura-no-mundo.webnode.com/news/ganhando-pontos-com-o-tripadvisor/)

 

De pouco em pouco, vamos enchendo o pote,certo? 

Paciência e alguma disciplina são os igredientes.