Rumo ao Velho Continente!

23/12/2016 19:17

 

Que momento esperado! O ano foi cheio e, por vezes, demasiado pesado. Respirar - preferencialmente ares frios - é parte importante para retomarmos nossas energias em falência. O destino, dessa vez, é a Holanda, as Irlandas e a Alemanha.

 

 

Tivemos oportunidade de visitar Amsterdã há muitos anos atrás, ainda no período pré-Laura. Nossa ideia agora é, instalados na capital - Amsterdã - fazer algumas incursóes pelo interior do pais. Muiden, Haarlen e Haia são alguns dos destinos programados. Quem conhece nossa rotina de viagens sabe que temos uma - para alguns - estranha preferência por viagens à Europa durante o inverno. Já toleramos bem o vento frio de cidades como Berlim e outras mais à Leste, como Budapeste. Ano passado bem suportamos o frio dos alpes suiços, numa boa!

 

A incrível Berlim!

 

Holanda, além de bastante frio, tem um vento tipicamente forte. Mas, e dai, nós gostamos! O roteiro, como de costume, contemplará muitos museus e outros locais bem aquecidos, é claro! Depois de uma semana perambulando pela Holanda, rumaremos para Dublin. Podemos adiantar que conseguimos bilhetes por excelente preço pela low cost irlandesa Ryanair (www.ryanair.com/pt/pt/). Ficaremos instalados alguns bons dias em Dublin e dali faremos algumas incursões pelo pais. Como parte dos deslocamentos pegaremos o caminho para Belfast, na Irlanda do Norte, onde ficaremos poucos dias. 

 

Em Garulhos, embarcando para Montevudéu (julho de 2016)

 

Há uma coisa já de encantadora nas irlandas, o preço! Os valores de hotéis e atrações são relativamente amigáveis. Blogs e outros viajantes confirmam essa informação. Contamos com isso em nossas visitas ao inúmeros pubs da região!

 

 

Amsterdam e Irlanda foram partes do roteiro construidas sem muita dificuldade. Desde o início era o que queríamos visitar. Como nosso deslocamento até a Europa se dará, em parte, por milhagens, nossa entrada e saída será a cidade alemã de Frankfurt. Teremos, portanto, que retornar para o solo alemão. Obviamente não nos passava pela cabeça, desde o início, a ideia de retornar diretamente para Frankfurt. De início pensamos em uma parada estratégica em Munique. Chegamos a avançar na construção de um roteiro que considerasse não só Munique, mas também a vizinha Nuremberg. Logo atentamos para uma questão importante e para a qual chamamos a atenção dos viajantes! As companhias low cost tem a imensa vantagem de serem baratas, mas atentem que, como regra, seus aviões costumam fazer uso de aeroportos secundários e distantes do centro das cidades. O que se ganha no bilhete se pode perder em deslocamento e desconforto!

 

Sob esse aspecto Munique logo se revelou um problema. Resolvemos então considerar outros destinos. Queríamos voltar a Bruxelas (onde estivemos em 1998!), mas o ambiente de insegurança provocado pela dita ou possível instalação de células terroristas na cidade nos desanimou. Depois pensamos em Luxemburgo, até nos animamos. Mas, quer saber, resolvemos não ousar muito, sobretudo depois que encontramos um admirável bilhete aéreo Dublin - Berlim por 22 euros! Também pela Ryanair! Pegamos na hora e retornaremos a incrível capital alemã. 

 

Quem viaja de trem faz assim: almoço improvisado (saindo de Berlim indo para Praga)

 

É verdade, por lá estivemos há apenas dois anos atrás. Foi incrível! Uma cidade intrigante, repleta de atrações, muitas das quais ficaram por serem visitadas. Sim, voltaremos à Berlim!

 

Já sei, acabou de ocorrer um terrível atentado terrorista em Berlim, isso nos deixa tenso? Sim, mas precisamos lidar com o seguinte fato: parece não mais existir lugar seguro no planeta! Em setembro, quando fomos para Nova Iorque, uma semana antes de nosso embarque assistimos pela TV cenas de um atentado que ocorreu à algumas ruas do lugar onde nos instalaríamos (Ver: laura-no-mundo.webnode.com/news/rumo-a-america-do-norte/). No final das contas deu tudo certo, é claro. Estávamos em um dos lugares, quem sabe, mais policiados do mundo! Esperamos, obviamente, contar com a mesma sorte em Berlim.

 

Depois de alguns dias na capital alemã, pegamos o caminho de volta para a casa, rumo à Frankfurt! 

 

Centro histórico de Frankfurt (janeiro de 2015)

 

Esperamos logo mais poder compartilhar dicas e informações sobre esses destinos!

 

Até!