Para os amantes de música clássica: um pouco de Chopin e Haendel

23/04/2014 09:02

Gostamos muito de música. Ouvimos rock, blues, jazz, música pop e, precisamos confessar, muito seletivamente música clássica.

No entanto, viagem é também oportunidade de aprender e viver novas experiências e sentidos. 

Quando se está na Europa, sobretudo mais à leste, a música clássica domina, faz parte do cotidiano e do lugar comum da vida das pessoas. Na Polônia, por exemplo, onde tive oportunidade de assistir a um show do tenor catalão José Carreras e recitais de música clássica, fui testemunha da presença dos jovens em massa. Talvez mal comparando, é como se fosse a música popular deles, um samba, por exemplo.

 

Sendo assim, não convém virar as costas para esse mundo da cultura e da identidade nacional de alguns paises europeus.

 

Abaixo, em registro feito em agosto de 1996, Zelazowa Wola, uma pequena cidade, aos arredores de Varsóvia, onde nasceu, em 1810, Frederic Chopin. Lá encontramos uma bela casa que abriga um pequeno museu, é lógico, dedicado ao músico polonês, cujo coração se encontra em uma das igrejas da cidade (laura-no-mundo.webnode.com/products/varsovia-em-um-dia/). Nos seus jardins encontra-se um piano em que, nos dias ensolarados, jovens reproduzem o repertório do campositor.

 

 

Cerca de dois anos depois, estivemos na região da Saxônia, onde visitamos a pequena Halle, a cerca de 150 km ao sul de Berlim. O berço da reforma protestante e de Lutero, também é o local de nascimento de Georg Fredrerich Haendel, compositor nascido nascido na segunda metade do seculo 17 que se notabilizaria pela criação da famosa Aleluia de Handel. Abaixo vista da janela do Museu Haendel, onde residiu o compositor alemão.