O fim do mundo: Ushuaia, Argentina

11/04/2014 07:43

 

Sim, já chegamos ao fim do mundo, para além de onde Judas perdeu as botas!  Esse lugar tem nome: é Ushuaia, e fica na Patagônia Argentina. Ficamos hospedados no Centro Austral de Investigaciones Científicas (CADIC), um centro de pesquisas vinculado ao Conselho Nacional de investigações Científicas e Técnicas da Argentina, por essa razão não temos condições de indicar hotéis na região, mas no seguinte website *www.ushuaia.inf.br/hotel-ushuaia.html), qualquer um poderá conferir diversas possibilidades.

 

 

Ushuaia é muito procurada no inverno por causa das suas estações de esqui. Fomos no mês de maio, e por razões profissionais, logo não tivemos esse prazer. Mas conhecemos uma das estações locais, aquela que se situa no Cerro Castor. Um lugar deslumbrante. Confira aqui: www.interpatagonia.com/castor/index_p.html.

 

Além do Cerro Castor, é possível fazer um passeio de barco e conhecer um pouco do Canal Beagle, com uma diversidade fantástica de animais. Se nos lembramos bem, o passeio não foi nada dispendioso. Na época, escolhemos um pacote que dava direito a conhecer o aquário da cidade (uma decepção: feio e com poucas informações, além de ser muito afastado do centro). Segundo leituras realizadas em websites de viagem, de lá para cá parece que fizeram uma reforma no aquário. Precisava, convém conferir. Fizemos um passeio por esta companhia (www.tierradelfuego.org.ar/barracuda/) . Outra possibilidade de bom passeio é o do "Trem do Fim do Mundo", que percorre parte do Parque local.

 

 

Com boas caminhadas você consegue conhecer toda a cidade com muito tranquilidade. Os mais descansados ou com alguma dificuldade de mobilidade, saibam que taxis e o ônibus eram, pelo menos naquela época, bastante baratos. Só usamos taxi para ir ao Cerro Castor e retornamos de ônibus para voltar da, como dissemos, frustrada visita ao aquário.

 

Há bons restaurantes em Ushuaia, onde são servidas carnes maravilhosas. Nas vitrines ficam expostas àquelas peças assando em churrasqueiras no chão, como os gaúchos sabem fazer e fazem! Aqueles que não são chegados à carne, uma opção é o El Parador del Fin del Mundo, nele encontramos pizzas, empanadas e hambuguesas com ou sem lechugas (alface), além de doces e quitutes locais.

 

É uma viagem muitíssimo interessante, logo ali no extremo sul da Argentina!