O centro histórico de Florianópolis, Santa Catarina

15/07/2014 16:18

 

Florianópolis é conhecida pelas suas maravilhosas praias. A primazia delas frente a qualquer programação faz todo o sentido, mas não necessariamente poderia ser levada tão à sério. Explicamos: a cidade está localizada na região sul do pais, em uma latitude que as massas de ar frio, sobretudo durante o inverno, dão seu ar da graça. Significa dizer que Florianópolis, desse jeito, torna-se muitíssimo atraente durante o verão. Durante o inverno, no mínimo, outras atrações deveriam apresentar-se com uma dignidade tal que garantisse o mínimo de satisfação dos visitantes invernais. 

 

O centro histórico de Florianópolis, infelizmente, não é capaz de atender a esse tipo de expectativa. A Praça 15 de Novembro encontra-se aparentemente abandonada. No seu em torno, um dos símbolos maiores da história e da tradição na cidade, encontra-se para lá de abandonado. Estamos falando do Palácio Cruz e Souza, atual Museu Histórico de Santa Catarina

 

Até o momento em que escrevemos, em julho de 2014, você pagará 5 reais para ter acesso ao Palácio. Deixará seus pertences em um armário, colocará uma espécie de pantufa, para não arranhar o chão de madeira.....enfim, tantas expectativas são criadas e......temos acesso a um local mal iluminado, visivelmente avariado, sem acervo e sem sentido. A visita não pode durar mais do que 20 minutos. Por que? Simplesmente não há o que ver. Sentimo-nos enganados.

 

O que se pode dizer da famosa Ponte Hercílio Luz? Nada, pois há anos ela está fechada para reformas. O que vemos é um amontoado de ferro em péssimo estado. Se bem iluminada, à noite, poderia até enganar o visitante desatento. Mas nem isso ocorre: nos deparamos com uma iluminação pobre e tosca.

 

O Mercado Público (foto) está parcialmente fechado por conta do que se apresenta como uma reforma.

 

Enfim, Florianópolis histórica não pode ser resumida por outra palavra senão decepção.