Milhagens sob novas regras

09/07/2015 11:01

 

Recentemente tratamos da confusão que torma o mercado de turismo com a elevação do dolar (Ver: laura-no-mundo.webnode.com/news/passagens-aereas-internacionais-impressoes-sobre-o-mercado/) Antigos padrões e referências já não fazem mais sentido. Como regra, os preços ficaram muito ruins, mas, por vez e outra, podemos encontrar boas oportunidades. Uma delas fisgamos com unhas e dentes e, no final do ano, partiremos rumo à Suiça e Itália.

 

Quem acompanha o nosso blog sabe que milhagem é alguma coisa que a gente não descuida. Nos últimos cinco anos, anualmente, adquirimos pelo menos uma passagem inter-continental por milhagens. Assim, por exemplo, foram financiadas parte de nossas viagem para para Argentina, França, Portugal, Reino Unido e vários paises do Leste-europeu.

 

 

Conforme discutimos na matéria do link acima, tinhamos clareza sobre o melhor período para utilizar nossas milhagens e o melhor que poderíamos conseguir. No entanto, a alta do dólar e as condições de incerteza do mercado internacional mudaram algumas verdades. Para sermos francos, ainda não sabemos quais são as regras vigentes, se é que existem. Mas já podemos atentar para alguns fatos. Vejamos.

 

Alguns cartões de crédito, a exemplo do Credicard Itaú, alteraram a relação entre pontos no cartão e milhagens. Outrora equivalia a relação 1 para 1, hoje estamos submetidos à uma proporção desvantajosa para o cliente do cartão. Isso quer dizer que, mil pontos no cartão não equivalem mais a mil milhas, mas apenas a uma fração destas. 

 

Outra mudança foi no Credicard Santander. Ao contrário do Itaú, manteve-se, por enquanto, a relação 1 para 1. No entanto, desde o dia 01/07/15, o cliente não pode mais transferir menos que 15 mil pontos do seu cartão para o Multiplus. 

 

Por que isso ocorre? Ora, como os pontos estão ancorados no dólar, eles tornaram-se muito valiosos. Não à toa algumas companhias tem feito excelentes promoções de bilhetes internacionais e nacionais por pontos. Diante da desvalorização do real, pontos passaram a valer muito!

 

O que se deve atentar é o seguinte: se num primeiro momento fomos brindados com promoções que tinham em vista nossos preciosos pontos; parece que agora criam-se estratégias para desvalorizá-los ou, ao menos, dificultar seu resgate.

 

Quem pretende usá-los para financiar viagem que fique atento!  

 

Matérias relacionadas:

 

Passagens aéreas internacionais: impressões sobre o mercadolaura-no-mundo.webnode.com/news/passagens-aereas-internacionais-impressoes-sobre-o-mercado/

 

O valor das milhagens atualmentelaura-no-mundo.webnode.com/news/em-tempos-de-dolar-alto-suas-milhagens-valem-mais/

 

Compra e transferência de milhagenslaura-no-mundo.webnode.com/news/multiplus-agora-e-possivel-transferir-pontos-/

 

Viajar com milhagens: dicaslaura-no-mundo.webnode.com/news/viajar-com-milhagem-consolidando-dicas-e-alternativas/

 

Como acumular milhaslaura-no-mundo.webnode.com/news/como-acumular-e-utilizar-pontos-de-milhagens-e-passagens-pr%C3%AAmio-/