A companhia ferroviária mais complicada da Europa

07/07/2015 12:30

 

Temos alguma experiência com trens pelo continente europeu, seja na modalidade passe, seja na compra de passagens avulsas. Não se engane o viajante, pois você estará diante de companhias com diferentes e discrepantes graus de desenvolvimento e qualidade dos seus serviços. 

 

Quem mora na Europa há algum tempo nos diz que, hoje, como regra, nenhuma delas funciona muito bem. Acontece que a concorrência com outros modais de transporte, como avião e ônibus, jogou as companhias ferroviárias em uma profunda crise. A companhia ferroviária alemã, segundo nos disseram, é uma das que enfrenta uma situação financeira bastante séria. A despeito dos problema anunciados, a DB (sigla para Deutche Bahn) foi uma em que tivemos uma das melhores experiências. Seu website é relativamente simples de ser manejado (Ver: www.bahn.de/p/view/index.shtml) e permite que compremos com boa antecedência, preços razoáveis e impressão dos bilhetes em casa. 

 

Trem da DB, em Munich, dezembro de 2014.

 

Os trens nos pareceram modernos, limpos e com funcionamento bem organizado. As estações de trem alemães também se revelaram confortáveis e seguras. Coisa não muito diferente se pode dizer dos trens austriacos (Ver: www.oebb.at/en/), exceto por um pequeno problema, não é possível imprimir bilhetes em casa (viajante recebe um código e retira bilhete em máquina antes do embarque local). 

 

Trem da companhia austriaca OBB, na saída de Viena, dezembro de 2014.

 

Mudando o rumo, tivemos boa impressão dos trens no Reino Unido. Tivemos oportunidade de rodar em alguns deles pelo interior da Inglaterra e Escócia. Ficamos satisfeitos. Na França a experiência foi igualmente positiva. 

 

Trem da MAV, Estação Budapest-Keleti, Budapeste, dezembro de 2014.

 

Tivemos uma experiência não muito animadora com trem na Itália, sem dúvida a pior, até que passamos a conhecer uma tal de MAV, companhia férrea húngara. Você observa que a coisa não será boa já no processo de compra dos bilhetes (www.mavcsoport.hu/english). Em primeiro lugar, o site é bastante confuso. Nem todo ele está em língua inglesa. De repente pode-se abrir uma intrigante página em húngaro. A oferta de passagens também não é clara. Desde muito cedo não encontramos uma variedade importante de passagens. Na verdade, em nossa experiência, só havia possibilidade de um único horário para embarque (e, por coincidência ou não, era muito ruim). É claro que o viajante pode estar pensando: "também, deixou para comprar tarde!". Na verdade, o site nos apresenta as possibilidades de compra, mas não vende! 

 

Budapest-Keleti visto de fora e de dentro.

 

Chegamos a mandar email para a companhia e fomos prontamente respondidos. Disseram-nos que logo abririam para venda. Não foi o que aconteceu. Sò conseguimos comprar nossos bilhetes alguns dias antes do embarque (na Bahn, por exemplo, mais de dois meses antes).

 

Muito bem, compramos, ok! O trem era bom? Pareceu-nos bastante antigo, embora não fosse propriamente desconfortável. O banheiro, por exemplo, era feio e velho, mas as coisas funcionavam. Tinha aquecimento, o que é muito importante para o inverno no lese-europeu!

 

Embarcando em Budapest-Keleti para Salzburg, Austria, dezembro de 2014.

 

Quando chegamos na Estação Budapest-Keleti, em Budapeste, fomos direto ao guiché da companhia para ver se conseguiríamos um bilhete para sair da Hungria em horário mais apropriado. O atendimento foi péssimo! Grosseiro e com visível má vontade por parte da atendente. A Estação, e falamos com total segurança, uma das mais feias e mal cuidadas da Europa. A cidade de Budapeste é simplesmente linda, mas o que vimos ali foi totalmente desmotivante.

 

Não há restaurantes propriamente, mas pequenas lojas e camelôs; os banheiros não são limpos, enfim, qualquer coisa. A única coisa que podemos dizer é: chegando ali, resista, pois tudo o mais valerá à pena!

 

Matérias relacionadas:

 

 

De trem pelo leste-europeulaura-no-mundo.webnode.com/news/de-trem-pelo-leste-europeu/

 

Trem na Espanha:laura-no-mundo.webnode.com/news/passe-de-trem-dificuldades-na-espanha1/

 

Trem Paris-Londreslaura-no-mundo.webnode.com/news/paris-londres-eurostar/

 

As mais bonitas viagens de trem pela europalaura-no-mundo.webnode.com/news/as-mais-bonitas-viagens-de-trem-pela-europa/